Aprenda como montar uma horta em casa ou apartamento

Aprenda como montar uma horta em casa ou apartamento

Publicidade

Ter uma horta em casa já não é mais privilégio apenas de quem possui grandes quintais, com a tendência crescente do urban gardening, até mesmo a varanda do seu apartamento pode se transformar em um pequeno refúgio verde.

Uma horta em apartamento ou casa não é apenas um elemento decorativo, é também um convite para a prática de uma vida mais saudável e sustentável. Além disso, pode ser uma excelente forma de aliviar o estresse do dia a dia e conectar-se com a natureza, mesmo estando em plena selva de pedra.

Publicidade

Cultivar seus próprios temperos, vegetais e até mesmo frutas em uma horta na varanda pode te trazer uma gratificante sensação de autossuficiência. Sem contar o sabor único e a qualidade nutricional dos alimentos colhidos fresquinhos, sem uso de agrotóxicos.

Planejando a criação da sua mini-horta

(Fonte: Freepik)

O primeiro passo para ter uma horta na varanda é escolher o espaço ideal, o local precisa ter um bom acesso à luz solar – imprescindível para a fotossíntese – e ser de fácil acesso para regas e cuidados. Além disso, verifique se a área escolhida tem uma boa drenagem, para evitar o acúmulo de água.

Após definir o espaço, é hora de escolher o que plantar. Opte por espécies que sejam adequadas ao clima da sua região e ao nível de insolação da sua varanda. Temperos como manjericão, alecrim, salsinha e cebolinha são opções versáteis e fáceis de cuidar.

A disposição das plantas também merece atenção. Plantas maiores podem fazer sombra para as menores e impedir que recebam luz solar suficiente. Por isso, organize suas plantas de acordo com seu porte, sempre respeitando a necessidade de espaço de cada uma para crescer e se desenvolver.

Publicidade

O próximo passo é preparar o local para sua horta

(Fonte: Freepik)

O solo ideal para as plantas de uma horta deve ser rico em nutrientes. Portanto, o uso de um bom substrato é fundamental. Você pode preparar o seu próprio substrato orgânico ou optar por uma versão comercial. O importante é que seja um produto de qualidade, que proporcione as condições ideais para o crescimento das plantas.

O próximo passo é preparar a drenagem, coloque no fundo do vaso uma camada de argila expandida ou cacos de cerâmica, seguida de uma manta de drenagem e depois o substrato.

Publicidade

O adubo é essencial para fornecer os nutrientes que as plantas precisam para crescer saudáveis. Você pode optar por um adubo orgânico, como o húmus de minhoca, ou um adubo mineral, seguindo as recomendações de quantidade e frequência indicadas pelo fabricante.

Cuidando da sua horta

(Fonte: Freepik)

A rega é uma das partes mais importantes da manutenção da horta. Cada planta tem uma necessidade de água diferente, por isso, informe-se sobre a quantidade e a frequência ideal de regas para cada espécie. Como regra geral, mantenha o solo sempre úmido, mas nunca encharcado.

A poda regular ajuda a manter as plantas saudáveis e a estimular o crescimento. Quando você remove as folhas velhas, está permitindo que a planta direcione sua energia para o crescimento de novas folhas. Além disso, a poda de ervas aromáticas, como manjericão e salsinha, ajuda a aumentar a produção.

Por fim, fique atento ao controle de pragas, insetos podem surgir, especialmente em épocas de chuva. Inspeccione regularmente suas plantas e, ao primeiro sinal de problemas, procure a solução mais adequada, preferencialmente natural, para não prejudicar a qualidade dos seus alimentos.

O momento certo para colher na sua horta em casa

(Fonte: Freepik)

Saber o momento certo para colher é essencial para garantir o sabor e os nutrientes dos seus alimentos. No geral, folhas e ervas devem ser colhidas antes da floração, quando estão mais saborosas. Já frutas e legumes devem ser colhidos quando atingirem o tamanho e a cor típicos da espécie.

Para ervas e folhas, use uma tesoura ou faca bem afiada, e faça o corte acima do ponto de crescimento, para estimular novos brotos. Já frutas e legumes podem ser colhidos à mão, mas sempre com cuidado para não danificar a planta.

Use suas ervas para temperar pratos, faça saladas fresquinhas com suas folhas e use seus legumes e frutas em receitas variadas. E lembre-se: quanto mais frescos, melhor. Então, procure colher apenas o que for usar no dia.

Rafaela Santos
Rafaela Santos
Olá! Sou Rafaela Santos ou pode me chamar de "Rafa", apaixonada pela vida e pelo aprendizado constante. Com formação em Jornalismo e mestrado em Antropologia Cultural pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, adoro explorar tudo, desde gastronomia experimental até novas tecnologias. Minha missão é despertar a curiosidade nos meus leitores, mostrando que cada dia é uma oportunidade para aprender algo novo.
ARTIGOS RELACIONADOS

ÚLTIMAS NOVIDADES