As 7 cidades subterrâneas mais fascinantes do mundo

As 7 cidades subterrâneas mais fascinantes do mundo

Publicidade

Em nosso planeta, a vida não se restringe à superfície, existem mistérios e maravilhas ocultos abaixo da crosta terrestre, esperando para serem descobertos. Nestas profundezas, encontramos cidades subterrâneas, exemplos impressionantes do engenho humano, que emergem como sítios históricos e turísticos.

Algumas dessas cidades subterrâneas foram construídas por motivos de segurança, outras devido a condições ambientais adversas e algumas simplesmente para demonstrar a proeza arquitetônica. Estas cidades revelam histórias de civilizações passadas, mostrando a incrível adaptabilidade humana em diferentes contextos geográficos e temporais.

Publicidade

As profundezas da Terra abrigam mais do que segredos geológicos e artefatos históricos, existem cidades inteiras que pulsam com vida. Prepare-se para uma viagem onde revelaremos sete das cidades subterrâneas mais incríveis do mundo.

Derinkuyu, Turquia

(Fonte: Wikimedia Commons)

Derinkuyu é uma cidade subterrânea que desafia a imaginação, localizada na histórica região da Capadócia, na Turquia. Com capacidade para abrigar até 20.000 pessoas, juntamente com seus suprimentos, esta cidade foi literalmente esculpida no subsolo.

Estima-se que Derinkuyu foi construída durante o século VII a.C, como um refúgio seguro contra invasões. A cidade é composta por 18 andares subterrâneos, onde podem ser encontradas áreas residenciais, vinícolas, estábulos e até mesmo capelas.

A engenhosidade da cidade é evidenciada pelos sistemas de ventilação e acesso, projetados para serem bloqueados por grandes pedras redondas em caso de ataques. Esta cidade subterrânea nos convida a viajar no tempo e explorar uma parte incrivelmente única da história da humanidade.

Publicidade

Coober Pedy, Austrália

(Fonte: Wikimedia Commons)

No árido deserto australiano encontra-se Coober Pedy, uma cidade subterrânea única. Conhecida como a “capital mundial dos opalas”, ela é famosa tanto pela extração desta pedra preciosa, quanto pelo estilo de vida incomum de seus habitantes.

Devido às altas temperaturas, os primeiros mineradores que se estabeleceram na região decidiram viver embaixo da terra para encontrar um respiro do calor intenso. Com o passar do tempo, esta prática tornou-se uma característica distintiva da cidade, levando à criação de residências, lojas e até mesmo igrejas subterrâneas.

Publicidade

Hoje, Coober Pedy é um destino turístico atraente, onde os visitantes podem explorar as casas subterrâneas, minas de opala e uma variedade de outras atrações, como o único campo de golfe do mundo sem grama.

Naours, França

(Fonte: Wikimedia Commons)

A cidade subterrânea de Naours, na França, esconde uma rica tapeçaria de história em suas galerias subterrâneas. Este intrincado labirinto subterrâneo foi construído durante a Idade Média, originalmente como uma pedreira.

Com o passar do tempo, a cidade passou a ser utilizada como um refúgio contra invasores. Durante a Primeira Guerra Mundial, serviu de abrigo para soldados australianos, que deixaram suas marcas nas paredes sob a forma de inscrições e desenhos.

Hoje, Naours oferece uma viagem emocionante à história, revelando segredos antigos e histórias pessoais. Os turistas podem caminhar pelas antigas galerias e túneis, experimentando um eco do passado através dos escritos e inscrições deixados pelos seus habitantes e visitantes ao longo dos séculos.

Wieliczka, Polônia

(Fonte: Wikimedia Commons)

A mina de sal de Wieliczka, na Polônia, é uma cidade subterrânea surpreendentemente bela. Escavada no século XIII, a mina é um tesouro de arte e arquitetura, com capelas, esculturas e até mesmo lustres esculpidos inteiramente em sal.

Durante séculos, a mina foi um pilar da economia polonesa, fornecendo sal que era usado tanto para conservação de alimentos como para fins medicinais. Com o passar do tempo, os mineiros começaram a esculpir figuras e cenas religiosas, transformando o local em uma galeria de arte subterrânea.

Em 1978, a Mina de Sal de Wieliczka foi listada como Patrimônio Mundial da UNESCO e, hoje, recebe turistas de todo o mundo, deslumbrados com a beleza das suas câmaras e corredores salgados, uma prova do talento e da resiliência dos mineiros que ali trabalharam.

Matmata, Tunísia

(Fonte: Wikimedia Commons)

Matmata é uma pequena cidade no sul da Tunísia, famosa por suas habitações trogloditas. As casas são construídas em poços escavados na terra, com quartos interconectados por túneis. Este projeto subterrâneo proporciona um refúgio eficaz contra as altas temperaturas do deserto durante o dia e o frio durante a noite.

A cidade ganhou fama internacional quando suas pitorescas casas subterrâneas foram usadas como cenário para o planeta Tatooine no filme “Star Wars”. Hoje, a cidade acolhe um grande número de turistas que desejam ter um vislumbre do estilo de vida subterrâneo e do famoso cenário cinematográfico.

Matmata oferece uma visão fascinante da cultura e tradições locais, mostrando como as pessoas podem se adaptar e prosperar em ambientes desafiadores, usando métodos de construção engenhosos para superar as adversidades naturais.

Moose Jaw, Canadá

(Fonte: Wikimedia Commons)

Moose Jaw, localizada em Saskatchewan, Canadá, é uma cidade famosa pelos seus túneis subterrâneos. Durante a Lei Seca nos Estados Unidos, na década de 1920, esses túneis foram usados para o contrabando de bebidas alcoólicas. Além disso, acredita-se que a cidade era um importante ponto na “estrada subterrânea” que ajudava os escravos a fugir para o Canadá no século XIX.

Hoje, a cidade oferece passeios turísticos que revelam a história intrigante dos seus túneis e das pessoas que os usavam. Os visitantes podem explorar o subterrâneo de Moose Jaw e descobrir um capítulo pouco conhecido da história norte-americana.

Além do seu papel histórico, os túneis de Moose Jaw representam uma incrível proeza de engenharia. Eles são um testemunho da determinação e do engenho humanos, lembrando-nos que, mesmo nas circunstâncias mais desafiadoras, a criatividade e a resistência humanas podem encontrar um caminho.

Cidade Subterrânea de Montreal, Canadá

(Fonte: Wikimedia Commons)

Em contraste com muitas das cidades subterrâneas nesta lista, a Cidade Subterrânea de Montreal é um produto da modernidade. Este labirinto subterrâneo se estende por mais de 32 km, conectando shopping centers, escritórios, hotéis e universidades, além de uma variedade de outras instalações.

Desenvolvido como uma solução para as severas condições climáticas de Montreal durante o inverno, este complexo subterrâneo permite que as pessoas circulem pela cidade sem ter que enfrentar o frio rigoroso. É, ao mesmo tempo, uma maravilha da engenharia moderna e uma necessidade diária para muitos moradores e trabalhadores da cidade.

Com uma variedade de lojas, restaurantes e atrações culturais, a Cidade Subterrânea de Montreal é um verdadeiro cosmos urbano debaixo da terra, oferecendo aos visitantes uma experiência única de compras e exploração.

Desafios e benefícios das cidades subterrâneas

(Fonte: Freepik)

As cidades subterrâneas representam uma solução engenhosa para uma série de desafios. Elas oferecem proteção contra as condições climáticas, economia de espaço, e potencialmente maior eficiência energética. No entanto, também apresentam desafios únicos, como a necessidade de sistemas de ventilação adequados e a proteção contra possíveis perigos geológicos.

As cidades subterrâneas de hoje fornecem um vislumbre do que poderia ser o futuro do planejamento urbano. Enquanto as populações urbanas continuam a crescer e o espaço se torna cada vez mais um prêmio, a vida subterrânea pode oferecer uma alternativa viável e sustentável.

Explorar o potencial das cidades subterrâneas também requer uma consideração cuidadosa dos desafios que elas apresentam. Questões como segurança, acessibilidade e qualidade do ar precisam ser cuidadosamente abordadas para garantir que as cidades subterrâneas sejam não só viáveis, mas também locais seguros e saudáveis para viver.

Desvendando as maravilhas das cidades subterrâneas, percebemos a magnitude da capacidade humana para superar desafios e se adaptar às circunstâncias. De cavernas históricas a metrópoles modernas, estas cidades são um testemunho do nosso passado e talvez um vislumbre do nosso futuro. Ao percorrer este caminho subterrâneo, continuamos a ser surpreendidos pela profundeza e diversidade da nossa própria espécie.

Lucas Monteiro
Lucas Monteiro
Olá, eu sou o Lucas, um apaixonado por todas as formas de arte e um crítico que ama colocar suas ideias no papel. Tenho diploma em História da Arte da Universidade Federal do Rio de Janeiro e adoro viajar o mundo explorando museus e galerias. Quando não estou escrevendo, você pode me encontrar pintando ou visitando exposições de arte local.
ARTIGOS RELACIONADOS

ÚLTIMAS NOVIDADES